Falamos muito sobre nossos problemas. Que tal falar sobre nossas alegrias? ;)

September 11, 2016

Uma análise interessante e produtiva é prestar atenção no que nós mesmos falamos. Talvez você se assuste um pouco quando fizer essa análise. Perceba que jornais, TV, internet, enfim, a mídia de forma geral parece ter uma tendência a falar de problemas; e acredite, absorver isso repercute diretamente no seu comportamento. Não dá para negar, existe algo em nós que nos direciona a falar de nossos problemas, mas quando isso se torna um hábito passamos a parecer com aqueles desenhos da pessoa andando com uma nuvenzinha preta sobre a cabeça. Você conhece alguém assim? Isso não é legal!  E preciso te dizer: Isso não te ajuda! Só te traz sofrimento, sensação de impotência porque distorce sua visão da vida.  

 

Mas, e quando você começa a falar das suas alegrias? Pense bem: qual sentimento isso te traz? Não somente o sentimento, mas preste atenção a como isso te acalma, te traz uma visão extremamente positiva e otimista. Mais ainda, isso vai te trazer a certeza de conseguir lidar com seus problemas com uma tranquilidade que te possibilita focar na solução e não no problema. Enquanto falamos de problemas, trazemos um ambiente pesado às pessoas ao nosso redor, mas ao falar das suas alegrias você vai trazer um ambiente alegre a quem estiver ao seu redor, reforçando seu ciclo de amizades. As pessoas vão gostar de estar perto de você cada vez mais. E não para por aí. Falar de suas alegrias gera um sentimento de gratidão, que comprovadamente, traz benefícios ao corpo e à alma.

 

Um simples exercício que em 3 semanas pode se tornar um maravilhoso hábito: ao final do seu dia, pegue um papel ou um caderno (que você manterá ao seu lado, talvez na mesinha de cabeceira) e escreva três coisas pelas quais você é grato por ter tido naquele dia. Pode ser o sorriso dos seu filho, um beijo da sua esposa, uma grande conquista profissional, o sol que apareceu após alguns dias de chuva ou a chuva que refrescou vários dias de sol. Enfim, não precisa ser algo "grande", mas você precisa reconhece-lo. A gratidão nas pequenas coisas já é capaz de dar sentido ao nosso dia.

 

Lembre-se: a vida é uma dádiva, um dom. Se fosse sempre uma linha contínua, sem suas oscilações, ela não teria graça. É preciso focar nos melhores momentos da sua vida e falar de suas alegrias, sempre! Faça essa experiência!

 

Se tiver dúvidas, pode me enviar uma mensagem pelo link contato aqui do site (na barra topo da página) ou inbox no Facebook. Terei prazer em ajudar.

 

 

 

Gostou do artigo? Copie o link ou use os botões abaixo e compartilhe na sua rede social preferida. Se preferir, marque as pessoas com quem você se importa ou mesmo envie pelo WhatsApp. Vamos espalhar o bem!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts

Recomeçar no mercado

November 5, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

November 5, 2019

October 29, 2019

October 1, 2019

September 17, 2019

Please reload

Arquivo