Quem tem as chaves da sua felicidade?

October 28, 2016

 

Há alguns anos eu trabalhei por 13 meses em um cliente onde havia uma senhora que preparava o café. Meus colegas riam porque, pela manhã eu sempre dizia “bom dia” para ela sem ter resposta alguma. Engraçado porque realmente em 13 meses ela não respondeu uma vez se quer. Não sei por qual motivo, mas ela não dava bom dia para ninguém, parecia estar sempre de mal humor. Mas eu a cumprimentava da mesma forma que fazia com todos que eu encontrava pela manhã. Eventualmente até arriscava puxar assunto quando ia pegar café e a encontrava na copa, daqueles assuntos de comentários rápidos. Era meio que um monólogo ou um diálogo com alguém monossilábico, que se limitava a respostas como “sim”, “é”, “não”...

 

Um dia um amigo me perguntou porque eu insistia se sabia que ela nunca responderia meu “bom dia” e eu disse que tinha três motivos:

Primeiro, porque aprendi em casa que cumprimentar é questão de educação, mesmo que não recebesse a resposta.

Segundo, porque eu não tinha como ter certeza de que ela realmente nunca responderia.

Mas o terceiro era o mais importante: dar bom dia me alegra, faz o meu dia começar melhor e eu não me privaria disso por causa de outra pessoa.

 

De fato, há muitas situações em que nos privamos de ser felizes porque colocamos a chave da nossa felicidade nas mãos de outras pessoas. Às vezes uma atitude de outra pessoa tende a estragar o seu dia, mas cabe a você entender que, se depender dos outros será complicado demais ter um bom dia. Se depender dos outros fazerem algo por você, será complicado você atingir os seus objetivos. Não importa se é em pequenas ou grandes coisas, a decisão de ser feliz é sua! Trazer para si a responsabilidade é ter o domínio da sua vida, é buscar novas soluções, é compreender que você tem o direito de ser feliz, de alcançar seus objetivos, de se superar e celebrar estas conquistas.

 

Eu te convido a ser o protagonista da sua história e fazer dela uma sequência de vitórias e aprendizados. Você pode aproveitar a ajuda de outras pessoas, mas deve ter a decisão de fazer a sua parte!Um grande abraço e sucesso!

 

 

 

Gostou do artigo? Copie o link ou use os botões abaixo e compartilhe na sua rede social preferida. Se preferir, marque as pessoas com quem você se importa ou mesmo envie pelo WhatsApp. Vamos espalhar o bem!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts

Recomeçar no mercado

November 5, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

November 5, 2019

October 29, 2019

October 1, 2019

September 17, 2019

Please reload

Arquivo