Faça com capricho

May 11, 2017

 

Este é o quarto artigo da série “Aprendi com minha mãe”, uma homenagem às mães, gerando ainda mais gratidão em nossos corações.

 

Outro dia observei minha esposa chamando a atenção do nosso filho por conta da letra dele nos cadernos da escola. É como se ele fosse piorando na letra por tentar dar conta de anotar tudo ou por focar mais em entender a matéria. Enfim, aumentam os desafios e algumas tarefas vão perdendo a qualidade. Me lembrei que é algo que ela acompanha há muito tempo e tenho visto as outras mães – que mencionei no primeiro artigo – fazerem a mesma coisa, como a minha também fazia.  E da mesma forma que chamam a atenção, as mães também elogiam quando mantemos o “capricho” da letra ou melhoramos.

 

 

Essa atitude de contínua atenção aos detalhes nos ensina muito quanto à excelência e o desenvolvimento pessoal que devemos buscar na nossa carreira e provocar em nossos liderados.

 

Cursos, treinamentos, outras línguas, pós-graduação, cuidados com a saúde, a família e relacionamentos... Excelênicia e novos desafios são um diferencial tanto para seu marketing pessoal, quanto crescimento e qualidade de vida. Vivemos em um mundo onde as pessoas estão sem tempo; nele, quem der conta de todas as tarefas, melhorar a cada dia e buscar mais conhecimento se destaca. Se conseguir sozinho, ótimo! Se quiser ir mais rápido, busque um profissional. Mas ponha-se em ação e você estará anos à frente da maioria!

 

Faça além do esperado!

 

Procure novos desafios!

 

E tenha excelência onde você estiver!

 

Sua performance caiu? Faz tudo exatamente como fazia a anos atrás, sem melhoria alguma? Seus relacionamentos entraram no automático ou se deterioraram? Lembre-se de sua mãe dizendo:

 

Sua letra piorou!

 

Você já fez melhor que isso!

 

Você é capaz de fazer melhor!

 

Faça com capricho!

 

Parabéns pela melhora!

 

A capacidade de uma mãe de estar sempre atenta à performance do filho, exortando a queda e exaltando a melhora é algo que devemos levar para nossas vidas através de uma constante autoanálise e do exercício com nossos liderados.

 

Eu aprendi com a minha mãe!

 

 

 

Gostou? Fez sentido para você? Então vamos espalhar o bem, compartilhe e marque alguém que vai se beneficiar com este artigo.

 

Te desejo sucesso!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts

Recomeçar no mercado

November 5, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

November 5, 2019

October 29, 2019

October 1, 2019

September 17, 2019

Please reload

Arquivo