O que um Coach Oncológico faz



Quem é diagnosticado com câncer tem uma mudança radical na vida e na forma como a enxerga. Em um primeiro momento, diante do impacto do diagnóstico, é aconselhável que tenha a ajuda de um psicólogo. Mas, durante e após o tratamento, terá o desafio (e a oportunidade) de fazer o que na verdade todos nós precisamos, ou seja, mudar seus hábitos para um estilo de vida mais saudável. Esse desafio não é algo fácil para ninguém; e a pessoa que luta contra o câncer encontra ainda outros obstáculos por conta dos efeitos do tratamento, que incluem fadiga, ganho de peso, depressão e complicações no sono.


Em estudos com sobreviventes de câncer, feitos nos Estados Unidos, os pesquisadores observaram que menos de um quarto dos participantes fazia exercícios físicos regulares, mais de 18% estava obeso e 34% com sobrepeso. Apenas 5% possuía comportamentos saudáveis, incluindo consumo de frutas e vegetais, atividade física regular e abandonaram completamente o cigarro.


Muitas pessoas se entregam à doença. O impacto do diagnóstico reduz sua autoestima, a autoconfiança e a faz acreditar que não conseguirá vencer essa batalha. Com o avanço da medicina, o número de sobreviventes é cada vez maior, mas é preciso que a mente esteja preparada para fazer o que deve ser feito e para ter qualidade de vida enquanto passa pelo tratamento.


O coach oncológico auxilia a pessoa a perceber o impacto desses novos hábitos em sua saúde e bem-estar, independentemente da área. Ajudando a pessoa a seguir as recomendações dadas pelos médicos, enfermeiros, nutricionistas e demais profissionais envolvidos no tratamento, incluindo atividades físicas. Dessa forma, a pessoa que já sabe “o que” fazer, recebe o apoio para descobrir “como” fazer.


O coach vai trabalhar de acordo com o momento do paciente. Ele pode estar em meio ao tratamento, sofrendo seus efeitos. Ou já ter finalizado, ciente das chances de reincidência, o que reforça adquirir novos hábitos. Também devemos observar sua realidade pessoal, ou seja, sua postura diante do momento, força de vontade, mindset, relacionamentos, motivação, carreira profissional (sim, felizmente o índice de sobreviventes é cada vez maior, portanto, mesmo focando na saúde, é preciso trabalhar as demais áreas para que não sejam desnecessariamente abaladas e ele possa seguir com sua vida). De forma semelhante, a família e pessoas próximas, também devem ser auxiliadas, pois possuem suas próprias dificuldades, sofrem junto e são um suporte importante para quem está doente.


Desde que descobre o câncer, a pessoa se assusta com algo que ela não conhece e que ameaça sua vida. Passa então a pesquisar tanto sobre a doença, quanto os hábitos alimentares e outras informações que ajudam no combate. É comum que tanta pesquisa a deixe com muita informação desorganizada, confusa, ansiosa, já não sabe o que perguntar ao médico, além de tomar boa parte do tempo para suas tarefas. Gerenciar o tempo é uma dificuldade comum nos dias atuais, diante do tratamento e a realidade deste diagnóstico, o tempo se torna algo ainda mais valioso. Por isso, a gestão de tempo e de tarefas é outra área onde o coach atuará.


E não podemos esquecer a qualidade de vida. É possível aproveitar esse momento para ganhar qualidade de vida, acredite! Tempo de qualidade com quem se ama, ter novas experiências, rever valores, aproveitar o tempo e escrever uma nova história na sua vida, da qual você vai se orgulhar.


#BoraTransformarVidas

#tamojunto

#CoachOncologico

#LeandroPassosCoachOncológico

#VamosEspalharoBem


Leandro Passos

Coach Oncológico

“Posso ajudar você nesse momento”


Posts
Posts Recentes
Arquivo
Localize por Tags

A busca do seu objetivo te transforma!

© Copyright 2020  Leandro Passos | Coach - Todos os direitos reservados