Como melhorar quando estou frustrado ou irado?



Temos preconceitos, ideias pré definidas, crenças que afetam nossos pensamentos, sentimentos, decisões e ações! Mas, e se você tomasse as rédeas dessa situação para poder definir essas ações e reações?


Você pode conferir o vídeo abaixo, onde entro mais a fundo neste assunto, ou seguir sua leitura após ele, se preferir.





Estes preconceitos, ideias pré definidas e crenças afetam seus pensamentos, sentimentos, decisões e ações de tal forma que você age ou reage, sem questionar! Ou seja, você toma decisões de forma inconsciente!


Já percebeu que, para a maioria das decisões do seu dia, você parece, simplesmente, já tinha a resposta? Não precisou pensar?


A 1a refeição que você teve hoje. Lembra do seu café da manhã? Você precisou ficar escolhendo o que seria?


Onde você está agora? Você está sentado numa cadeira, poltrona, sofá, cama ou se está em pé...Como escolheu este local?


Você não pensa para respirar, amarrar os sapatos, (a menos que algo dê errado rs), comer… Lembre-se de quando você precisou fazer jejum para um exame de sangue e acabou comendo algo pela manhã, no "automático".


Na verdade é saudável não ter que ficar pensando e avaliando meu café da manhã todo dia, bem como outras decisões. Imagine se para, absolutamente, cada passo você parasse para avaliar suas decisões… seria insano!


Nos treinamentos que eu realizo, individuais e em empresas, eu me preocupo em ajudar as pessoas a avaliarem cada área que pode contribuir ou atrapalhar o sucesso nos projetos: clareza, planejamento, alimentação, sono, motivação, gestão de tempo, procrastinação, e outros, entre eles, inteligência emocional e crenças.


E hoje, quero focar um pouco mais na inteligência emocional e crenças.


Se eu reajo em função do que acredito ser a forma de reagir, vale a pena eu questionar essa “verdade”?


Questionar! Ou seja, não é duvidar, mas fazer perguntas, e fazer as perguntas certas!

Também não significa questionar tudo, mas - em especial - aquilo que tem nos prejudicado.


Quero compartilhar com você algumas das perguntas que aprendi com especialistas como Tony Robbins e outros.


Por exemplo, se você percebe que está travado, não consegue evoluir em um projeto, em um objetivo, se já está desanimando diante das dificuldades, achando, acreditando que isso não é para você. Que tal se perguntar:


1 – Em que eu teria de acreditar para ter sucesso nisso?


Por exemplo: para mim, me ajuda demais eu acreditar que: posso não saber exatamente como fazer, mas eu consigo encontrar jeito de fazer!


2 – Quem já conquistou o sucesso nessa área? E no que essas pessoas acreditam, de “uma forma diferente da minha”, sobre ter sucesso nessa área?


Outro exemplo: se você se se sentir frustrado ou irado, pergunte a si mesmo:


“Em que eu estou acreditando, atualmente, para me sentir assim?”


Você pode achar as crenças que originam esses sentimentos.


Por exemplo: se você se sente triste e se perguntar:


“Em que estou acreditando atualmente para me sentir assim?”, provavelmente pensará em algo relacionado com o futuro, imaginando que “As coisas nunca vão melhorar”, ou “Não há esperança”.


Quando perceber essas crenças, você pode muito bem mudar para:


  • Pera aí! Eu estou me sentindo mal agora, mas sei que não vou ficar assim para sempre! Vai passar! E posso até fazer passar mais rápido!


  • Ou pode simplesmente perceber que acreditar que “terei problemas para sempre” é destrutivo! Não faz sentido! E, por isso, nunca mais vai admitir pensar assim.


O legal é que essas perguntas vão revelar crenças que você nem imaginava que possuía, mas que são o motivo de você reagir e se sentir dessa forma.


Percebe o poder destas perguntas?


Se você mudar o significado de qualquer evento em sua mente, mudará imediatamente como se sente, e assim mudará suas ações, assim você transformará e direcionará seu destino.


Porque mudar o que alguma coisa significa, mudará as decisões que você toma em função dela.


Então, hoje, agora: faça uma opção, consciente, pelos significados mais sintonizados com o destino que você escolheu para si mesmo.


Isso é inteligência emocional!


Revendo então:


1 – Em que eu teria de acreditar para ter sucesso nisso?


2 – Quem já conquistou o sucesso nessa área? E no que essas pessoas acreditam, de “uma forma diferente da minha”, sobre ter sucesso nessa área?


“Em que estou acreditando atualmente para me sentir assim?”


E ao perceber a origem, eu determino no que eu quero acreditar no lugar disso!


Vale a pena?


Legal!



E agora? Quer aprender mais sobre essas técnicas e outras? De forma prática e definitiva?


Confira o link: leandropassoscoach.com.br/treinamentos


Sinceramente, vale muito a pena você se permitir ter 5 minutos para conferir!!!



E qual será o SEU próximo PASSO?




Posts
Posts Recentes
Arquivo
Localize por Tags

A busca do seu objetivo te transforma!

© Copyright 2020  Leandro Passos | Coach - Todos os direitos reservados